Análise gráfica: Triângulos

Os triângulos são padrões da análise gráfica, de continuação de tendência, que ocorrem quando a variação dos preços de um ativo começa a ficar cada vez menor com o passar do tempo. Conheça os triângulos ascendentes, triângulos descendentes e triângulos simétricos.

As características do triângulo ascendente


- Lado superior uma linha horizontal (resistência)

- Lado inferior uma linha ascendente (suporte)

- O rompimento quase sempre indica a continuação da tendência de alta. O ideal, para quem usa o triângulo ascendente como estratégia, é esperar o rompimento da linha superior com um bom volume.

- Projeção: A partir do rompimento, a mesma distância do tamanho da abertura do lado maior do triângulo.



As características do triângulo descendente


- Lado superior uma linha descendente (resistência)

- Lado inferior uma linha horizontal (suporte)

- O rompimento geralmente indica a continuação da tendência de queda.

- Projeção: Exatamente como no triângulo ascendente, em que a partir do rompimento, a distância da abertura do lado maior do triângulo.



As características do triângulo simétrico


- Nesse tipo de triângulo os preços máximos e mínimos atingem amplitudes cada vez menores.

- É uma formação típica de indecisão e na definição geralmente ocorre a continuação da tendência corrente.




Mais detalhes sobre essas formações…


Volume: 

os triângulos quase sempre apresentam diminuição do volume conforme o tempo passa, havendo um aumento significativo apenas no rompimento.

Exceções à regra:

O triângulo é um padrão de continuação de tendência, mas nem sempre vai seguir essa regra. O rompimento pode acontecer para qualquer lado e o importante é saber se posicionar conforme o mesmo.

Duração da formação:

– ascendente e descendente: de algumas semanas até vários meses ; 
– simétrico: de poucas semanas até alguns meses.
Nenhum comentário:
Postar um comentário