Análise gráfica: Topo e Fundo Duplo/Triplo

Topos e fundos duplos e triplos são importantes padrões da análise técnica, que indicam o fim de uma tendência de alta ou de baixa. Confira como ocorre a formação e as características desses padrões.

A formação e características do topo duplo (ou “M”)


- Sinaliza fim de uma tendência de alta (indica venda);
- Se forma quando a ação forma dois topos no mesmo nível de preço, sendo o segundo igual ou muito próximo do preço anterior;
- O volume tende a ser maior no primeiro topo do que no segundo;
- após o segundo topo assiste-se a uma queda da cotação que é reforçada por um aumento do volume;
- A projeção (ou alvo) é a distância entre o topo e a linha base.
- A distância entre os 2 topos é também importante assim como a sua amplitude. Quanto mais afastados e maiores forem os topos mais representativa será a formação.

topo duplo análise gráfica

A formação e as características do fundo duplo (ou “W”)


- O fundo duplo possui exatamente as características inversas em relação ao topo duplo, ou seja, é um padrão que sinaliza reversão para uma tendência de alta;

fundo duplo análise gráfica

Os topos e fundos duplos e triplos


As características anteriores são válidas para topo e fundo triplo, o que difere são os números de topos/fundos em relação aos dois casos anteriores.
  • Maior é a confiabilidade desses padrões quando são formados em zonas de resistências/suportes importantes.
Nenhum comentário:
Postar um comentário