Indicador - Índice de Força Relativa (IFR)

O Índice de Força Relativa (IFR ou RSI), criado por Welles Wilder, é um indicador oscilador muito utilizado pelos analistas técnicos. Ele monitora a velocidade e a mudança dos movimentos dos preços, para assim sinalizar momentos em que o preço de um ativo está sobrecomprado ou sobrevendido. Além disso, possibilita observar o enfraquecimento de tendências e rompimentos de suporte e resistência antes de se tornarem aparentes.

A fórmula do indicador

IFR = 100 – (100 / (1 + U / D))

Sendo:
U = média das cotações dos últimos N dias em que a cotação subiu
D = média das cotações dos últimos N dias em que a cotação desceu.

OBS: Geralmente o IFR já é configurado por padrão em 14 períodos, porém muitos investidores utilizam também o IFR de 9 ou 25 períodos. Fica conforme critério de análise de cada investidor.

Calculando um IFR de 14 períodos


1) Somar todas as cotações dos últimos 14 períodos em que houve alta da cotação. Dividir o valor obtido por 14. (U)

2) Somar todas as cotações dos últimos 14 períodos em que houve baixa da cotação. Dividir o valor obtido por 14. (D)

3) Aplique a fórmula acima indicada e obteve o valor do IFR para uma determinada data

4) Repita os passos 1, 2 e 3 para um número suficiente de datas até poder ter um gráfico com um número suficiente de pontos.

5) Trace os pontos obtidos e analise o gráfico

Análises através da observação do IFR


Sobrecompra e sobrevenda

O IFR varia de 0 a 100, abaixo de 20 indica sobrevenda e acima de 70 sobrecompra do papel. Muitos investidores vendem a ação quando o IFR sobe acima da linha dos 70 pontos e volta novamente para baixo dessa linha. Ou compram quando o IFR sai de uma região de sobrevendido (seu valor passa para cima de 30).

- para um maior nível de acertos, é importante a análise ser acompanhada por outros indicadores.
- alguns analistas definem a região de sobrecomprado acima dos 80 e a região de sobrevendido acima dos 20, portanto isso vai da análise de cada um.

Divergências

As divergências são importantes sinalizações de fraqueza de uma tendência. Sempre que a cotação atinge novas máximas ou novas mínimas e o gráfico do IFR não acompanha, é sinal que a tendência está perdendo força e pode reverter a qualquer momento.

Suportes e resistências

É possível traçar suportes, resistências e tendências no gráfico do IFR da mesma forma que são traçadas num gráfico de cotações. Pode ser útil para o trader se antecipar ao movimento dos preços.



  • Dica: Para quem tiver interesse em conseguir uma lista automática com ações com IFR sobrevendido e sobrecomprado, pode fazer download do programa GrapherOC e fazer upgrade de versão para utilizar a ferramenta "Radar". 

Fonte de consulta: Investmax
Nenhum comentário:
Postar um comentário