Como a Taxa Selic afeta a bolsa de valores?

A cada 45 dias ocorre, em Brasília, a reunião do COPOM (Comitê de Política Monetária do Banco Central) para definir a taxa Selic, também chamada de taxa básica de juros. Essa taxa influi bastante na economia brasileira. Por exemplo, ela é usada pelos bancos para calcular a rentabilidade de alguns investimentos e também como referência para taxas de empréstimos e financiamentos.

Quando a Taxa Selic está alta, há desestímulo ao consumo, pois o crédito fica caro e os investimentos conservadores e de renda fixa se tornam mais atrativos. Ou seja, é o momento propício para as pessoas investirem dinheiro, e não para gastá-lo. A diminuição do consumo ajuda a conter a inflação, pois as mercadorias acabam sobrando em estoque e os preços caem (lei da oferta e procura). O contrário ocorre quando a Selic está baixa, há estímulo ao consumo, pois o crédito fica barato e os investimentos ficam pouco atrativos.

A Taxa Selic alta prejudica as empresas brasileiras, pois o crédito caro "trava" investimentos que elas poderiam fazer para crescer e também o consumo dos brasileiros. Como conseqüências disso, as empresas são obrigadas diminuir o ritmo de produção e diminuir o número de funcionários (aumento de demissões).

Agora que já sabemos como a Taxa Selic influencia a economia, podemos deduzir que ela estar muito alta não é favorável para a Bolsa de Valores. Veja...

- os investidores acabam saindo do mercado de ações e indo para investimentos atrelados à Selic, que passam a ter um bom retorno e são mais seguros (já as reduções da taxa de juros reduzem o retorno de investimento de renda fixa e tornam a renda variável mais atrativa);
- as empresas acabam sendo afetadas pela desaceleração da economia. (vale lembrar que o setor bancário pode se beneficiar da Taxa Selic alta, pois aumenta a margem de ganho sobre os financiamentos)

Outro fato interessante é que a Selic alta também pode pressionar o dólar para baixo, pois muitos investidores “trocam dólar por real” para poder fazer aplicações no Brasil que estejam atreladas à taxa de juros.

Confira a Taxa Selic atual no site do Banco Central do Brasil
Nenhum comentário:
Postar um comentário