Conheça o Oscilador Estocástico

Elaborado pelo americano George C. Lane na década de 1950, o Estocástico é um oscilador de momento muito usado na análise gráfica, principalmente em análises de curto prazo. Ele é baseado na teoria de que, nas tendências de alta/baixa, os preços de fechamento tendem a aproximar-se das máximas/mínimas. Fornece a posição do preço de fechamento em relação à máxima e a mínima de um certo período de tempo.

Duas linhas são utilizadas no processo de cálculo do Estocástico: a rápida (%K) e a lenta (%D), sendo a segunda obtida suavizando %K, através de uma média móvel de n períodos. Abaixo, as fórmulas para calcular as duas linhas:

%K = (FH - MIn)/(MAn - MIn) * 100
%D = Média móvel simples de n períodos da %K


Sendo...
FH = Fechamento de hoje
MAn = Máxima atingida nas últimas “n” barras
MIn = Mínima atingida nas últimas “n” barras

* A periodicidade padrão para cálculo da linha %K é de 5 períodos, mas varia de acordo com o analista. Um período menor fornece mais pontos de retorno, porém um maior identifica pontos de retorno mais importantes. Já a média usada para cálculo da linha %D geralmente é de 3 períodos.

As maneiras de configurar o Estocástico

Há duas configurações possíveis para utilizar no indicador, a rápida e a lenta.

- O Estocástico rápido baseia-se nas duas linhas %K e %D traçadas sobre o mesmo gráfico. É muito sensível às viradas do mercado, por isso tem grande oscilação.

- No Estocástico lento, o %D do rápido vira o %K do lento. Uma média móvel de 3 dias deste novo %K passa a ser o novo %D. Ele evita grandes oscilações e seleciona melhor os movimentos do mercado. É o favorito dos analistas.

A faixa de oscilação do indicador

O Estocástico oscila entre valores de 0 a 100%. Nesta escala são traçadas duas linhas horizontais, que retratam as zonas de mercado sobrevendido ou sobrecomprado (geralmente situadas nos níveis 30 e 70 ou 20 e 80).

Técnicas para utilização do Oscilador Estocástico


Sobrevenda e sobrecompra

- Compra: Quando o oscilador cai abaixo de um nível específico (20% ou 30%) e então sobe acima deste nível;
- Venda: Quando o oscilador sobe acima de um nível específico (70% ou 80%) e então cai abaixo deste nível.

Cruzamento de linhas

- Compra: Quando a linha %K cruzar para cima a linha %D;
- Venda: Quando a linha %K cruzar para baixo a linha %D.
* Abaixo exemplo desta técnica. A linha pontilhada é %D e a linha cheia %K.


Oscilador Estocástico

Divergências

O gráfico abaixo mostra uma divergência clássica onde os preços estão em tendência de alta, mas o Estocástico indica o contrário. Quando essa divergência acontece, o indicador está dando uma pista do movimento futuro do mercado.

Oscilador Estocástico

Em conjunto com o Índice de Força Relativa

Vários analistas sugerem utilizar o Estocástico com IFR (outro oscilador) que é menos volátil que o estocástico. Sinais mais confiáveis surgem quando os dois estão na região sobrecomprada ou os dois na sobrevendida.
Nenhum comentário:
Postar um comentário