Analisando a eficiência das empresas

Indicadores Contábeis - Análise Fundamentalista
Para analisar a eficiência de uma empresa, ou seja, de sua capacidade administrativa é necessário buscar a relação entre o lucro e o tamanho da empresa. Está é a função dos índices de rentabilidade que veremos abaixo. Como outros indicadores fundamentalistas, é importante comparar os resultados com os de empresas do mesmo setor, para assim obter uma conclusão mais clara do desempenho da empresa.

- Giro do Ativo (Receitas / Ativo Total): Indica quantas vezes as receitas superam os investimentos feitos na empresa. Empresas que precisam de grandes investimentos em prédios e equipamentos apresentam baixo giro do Ativo e empresas com pequenos investimentos fixos, podem apresentar giro elevado. Quanto maior esse índice, melhor.

- Margem Líquida = (Lucro Líquido / Receita Líquida) x 100: Índice muito utilizado, que mostra quanto que cada R$ 1 de vendas gerou de lucro para a empresa. Quanto maior esse índice melhor, pois maior é a eficiência da empresa na geração de resultados. SAIBA MAIS

Abaixo índices parecidos que verificam a lucratividade da companhia em relação ao investimento feito para gerar esses lucros.

- Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE) = (Lucro Líquido / Patrimônio Líquido) x 100: Índice percentual que compara o lucro líquido que a empresa está gerando com o seu patrimônio líquido, isto é, com os recursos que pertencem aos acionistas. Quanto maior melhor. SAIBA MAIS

- Rentabilidade ou Retorno sobre o Ativo (ROA) = (Lucro Líquido / Ativo Total) x 100: Verifica a eficiência da administração em gerar lucro com seus ativos. Quanto maior esse índice melhor.

OBS: quando uma empresa não tem dívidas, ROE vai ser igual a ROA. Logo a diferença entre ROE e ROA pode nos dar uma pista se uma empresa está muito alavancada (usando capital de terceiros para gerar lucro) ou não. Cabe ao investidor analisar a dívida da empresa.
Nenhum comentário:
Postar um comentário