Risco e Potencial de Lucro

Risco e Potencial de Lucro na Bolsa de Valores
Qualquer que seja o investimento, estamos, é claro, em busca de lucro. Mas cuidado, risco e lucro são palavras que andam juntas na hora de escolher em que investir na bolsa de valores. Por isso é necessário observar alguns itens antes de comprar uma ação.

Verificando o risco e o potencial de lucro da ação


Se você encontrou uma empresa promissora e acredita que as ações dela podem valorizar-se num determinado período, você pode tirar algumas conclusões sobre o risco e o potencial de lucro através de uma breve análise da empresa.

Há um cenário de menor risco, se...

- Os investimentos da empresa são consistentes;
- Variações no cenário em geral não a tirarão do seu bem sucedido destino;
- Setor de pouca concorrência.

Há um cenário de maior risco, se...

- Empresa com alto risco operacional;
- Crescimento depende da conquista de um mercado muito concorrido;
- Setor que necessita de grandes investimentos em infraestrutura.

Se a ação se encaixa no segundo cenário, ela pode trazer maior retorno para o investidor. Motivo? Justamente pelo risco de o negócio não dar certo, o mercado fica com “um pé atrás” na hora de precificar os papeis da empresa. No primeiro caso, como a empresa não apresentaria muito perigo de sair dos “trilhos”, o papel provavelmente já estaria, pelo menos, mais próximo do seu preço justo se comparado ao segundo caso. Conclui-se, com isso, que geralmente um maior potencial de lucro está atrelado a um maior risco.

Potencial de lucro e preço justo de uma ação


O potencial de lucro de uma ação é a relação entre o preço atual e o preço justo do papel. Alguns papéis costumam sempre trabalhar abaixo do seu preço justo, portanto é interessante também que se faça uma análise geral das empresas do mesmo setor para ter uma ideia disso. Caso você conclua que é o caso da ação que você pretende comprar, você deverá levar em conta isso na hora de calcular o potencial de valorização.

Cuidado com papeis muito defasados


Se você quer minimizar os riscos, desconfie de papeis com defasagem muito grande. O mercado pode já estar precificando um cenário cheio de dificuldades por vir.

Se for comprar o papel somente porque ele caiu desde a dica de alguma corretora ou analista, tome cuidado. Pode ser que a empresa não vingou, ou teve grande aumento da dívida, por essa estar atrelada à moeda estrangeira, ou tantas outras surpresas que o mercado nos prega. E dependendo do caso pode não haver chance de recuperação.

Procure saber o que está ocorrendo com a empresa. E o principal, antes de qualquer coisa veja se ela se encaixa em SEUS critérios de análise.
Nenhum comentário:
Postar um comentário