A filosofia de investimentos de Lírio Parisotto

O gaúcho Lírio Parisotto é um dos maiores investidores pessoa física da BM&FBovespa e um dos homens mais ricos do mundo segundo a revista Forbes.

Parisotto alcançou um patrimônio considerável no mercado acionário através de investimentos com foco no longo prazo (baseado em análise fundamentalista). Ele considera os dividendos distribuídos pelas empresas a mais importante fonte de ganho (como ele próprio já disse: “O segredo do mundo é viver de dividendos. A valorização é só um plus”). Lírio Parisotto também utiliza o aluguel de ações em carteira e o lançamento de opções que possuam mínima chance de exercício para aumentar seus ganhos.

Confira algumas de suas dicas:

1 – Mantenha distância de IPOs

Sempre que uma empresa decide fazer a oferta inicial de ações, é o investidor quem paga a conta. Em primeiro lugar, essas empresas chegam caras ao mercado. Na prática, é o investidor que arca com os custos do road show, as altas comissões dos bancos de investimentos e todo o material publicitário.

2 – Não diversifique demais

Compre no máximo uma nova ação por mês e não tenha mais de 12 ou 13 papéis em carteira. É impossível acompanhar de perto muitas empresas. O investidor deve se concentrar naquelas empresas e setores que conhece bem e segue de perto.

3 – Seja sócio de empresas com vantagens competitivas

É muito importante comprar ações que atuam em mercados sem muitos concorrentes. A lógica é de que eu morro e a empresa fica.

4 – Fique longe de empresas com sede em países exóticos

Já é muito difícil entender a confusa legislação brasileira, que vive mudando. Imagine se o analista tiver de compreender também as leis de outro país.

5 – Não invista em empresas que dão prejuízo

Esse pode parecer um conselho óbvio, mas tem muita gente que não o segue. As pessoas querem ficar ricas rapidamente e compram uma empresa em dificuldades na expectativa de que ela vá se recuperar. Isso às vezes acontece, mas é difícil.

6 – Liquidez é fundamental
Mesmo sendo investimento para longo prazo sempre é bom ter a porta aberta para entrar ou sair de um investimento quando bem entender.

7 – Procure ações boas e baratas
É necessário aliar as duas coisas para que valha a pena comprar uma ação.

8 – Nunca dê ouvidos aos espíritos santos de orelha


Não ouça dicas quentes sobre ações. O importante é estudar e fazer suas próprias análises antes de investir em uma empresa.

9 – Controle o medo na queda e a ganância na alta
Qualquer um fica inseguro quando surge uma enxurrada de más notícias e a bolsa começa a cair. Mas o que diferencia um investidor sênior de um júnior é a sua capacidade de manter os nervos sob controle quando o mercado todo está apanhando. Quando a bolsa está em alta, também é preciso saber que uma árvore não cresce acima do céu. É preciso saber vender quando o objetivo estiver cumprido.

10 – Aposte em um azarão
Essa é uma forma de se desafiar e conseguir um retorno diferenciado. Encontre uma empresa em que ninguém acredita, mas que tenha um excelente potencial, e invista em suas ações.

Fonte: Exame.com

Comentários