Lançamento de Opções

Lançamento de Opções - Bolsa de Valores
Como já vimos no artigo “Introdução ao Mercado de Opções“, é possível lançar dois tipos de opções: Calls e Puts. O lançador é quem recebe o prêmio e assume a obrigação de comprar ou vender o ativo-objeto. Agora vamos entender os tipos de lançamentos de opções.

Lançamento Coberto Opções de Compra (Call)


Quando o investidor possui as ações no mercado antes de vender as opções. Operação que pode servir para obter uma rentabilidade extra e amenizar riscos. SAIBA MAIS

Lançamento Descoberto Opções de Compra (Call)


Quando o investidor não possui as ações e vende as opções. Esta é uma operação de alto risco que poucas corretoras aceitam, ou quando aceitam exigem garantias. SAIBA MAIS

Lançamento Opções de Venda (Put)


Quando o investidor aposta em alta da ação-objeto e vende Opções Put. Se a ação-objeto fica acima do preço de exercício, a opção desvaloriza e o investidor lucra com essa desvalorização. Essa desvalorização da opção ocorre porque o titular (comprador) da Opção Put não vai querer exercer seu direito de vender a ação-objeto no preço de exercício, se ela tiver acima do mesmo.

Porém se a ação-objeto ficar abaixo do preço de exercício, o investidor terá a obrigação de comprar as ações do titular ao preço de exercício. O risco é elevado, mas é limitado ao valor da ação-objeto, caso esse for zero no momento que ele “atender” ao exercício (ao contrário do lançamento descoberto de opções de compra, que é ilimitado).

*O lançador teria que comprar as ações a preço de exercício e vendê-las a quase zero
Nenhum comentário:
Postar um comentário