Saiba o que é uma operação de Hedge

Operações de Hedge
Uma operação de Hedge protege o valor de um ativo (dólar, commodities, títulos do governo ou ações), ou o preço de uma dívida a ser paga no futuro, contra variações inesperadas. Nela assume-se uma posição de compra ou venda, geralmente em um derivativo financeiro ou um investimento para diminuir o risco de outro investimento ou transação. É possível fazer várias operações de hedge através dos mercados futuros e de opções.

Estratégias de hedge são muito utilizadas por empresas que, por exemplo, possuem dívida atrelada ao dólar ou então empresas do setor de commodities. Elas conseguem reduzir o risco de uma perda (que poderia ser até irrecuperável), provocada por uma possível oscilação do dólar ou do valor da Commodity, através de mercado futuro de dólar ou de Commodities.

Grandes investidores da bolsa de valores, por exemplo, costumam reduzir os riscos do mercado de ações utilizando as opções para montar estratégias de Hedge. Também é possível reduzir riscos de vários outros mercados, conforme a necessidade de quem está à procura do hedge.

Para finalizar, vamos ver o seguinte exemplo fictício: Considere que uma empresa tenha feito uma dívida de US$ 500, para pagar em data pré-determinada. No dia que conseguiu o empréstimo, o dólar estava cotado a R$ 2,00. Ela então, para evitar surpresas causadas pela oscilação da moeda até a data de pagamento do empréstimo, VENDE contratos futuros de dólar a R$ 2,00. Assim se no dia do pagamento o dólar tiver R$ 1, ela COMPRA o contrato futuro a R$ 1 e sai da bolsa lucrando a diferença (R$ 1). Ou seja, ganha proporcionalmente o que terá que pagar a mais para quitar o empréstimo.

Caso o dólar fosse a R$ 3,00 ela também empataria na operação. Pois perderia R$ 1,00 na operação com o contrato futuro, mas a dívida teria diminuído proporcionalmente. Perceba que a empresa conseguiu “travar o preço” e mesmo que o dólar oscile, o valor do empréstimo quando transformado em R$ será o mesmo.
Nenhum comentário:
Postar um comentário