Tomando decisões na bolsa baseado em notícias

Notícias Bolsa de Valores
Posicionar-se em algum ativo baseado em notícias quase sempre faz com que os investidores percam dinheiro. Esse comportamento é visto principalmente nos iniciantes da bolsa, que passam procurando notícias o tempo inteiro. Elas realmente impactam o mercado, porém há diversas razões para que não se tome decisões baseadas nelas.

O primeiro ponto que precisa ser destacado, é que o mercado é feito de pessoas muito bem informadas – que já estão sabendo de notícias antes de se tornarem públicas - e também de pessoas muito mal informadas, que podemos dizer que são os investidores “comuns”. Isso significa que muito provavelmente uma notícia já estará precificada antes mesmo de ela sair na mídia. Aliás, quem nunca viu uma ação subir ou cair forte e alguns dias depois sair uma notícia sobre ela? Ou no dia que a mídia publicou uma notícia, a ação iniciar o pregão disparando ou despencando e depois zerar deixando todo mundo surpreso? É o famoso "sobe no boato e desce no fato". Isso ocorre simplesmente porque a notícia já estava precificada.

O segundo ponto é que, é a reação – do medo à euforia – de uma massa de pessoas à notícia que faz o ativo se movimentar em um dia de notícia. Porém, às vezes uma boa notícia pode, para um investidor que não teve tempo para estuda-la detalhadamente, parecer uma má notícia em um primeiro momento. E é isso que quase sempre gera “confusão” e uma movimentação momentânea sem lógica no ativo.

Como podemos ver, mesmo que o investidor acerte se a notícia é boa ou ruim, ele pode ver a ação simplesmente ficar estagnada, ou ameaçar um forte movimento e depois “esfriar”, ou pode até ver o mercado tomar o rumo contrário ao que ele imaginou que iria. Podemos concluir que operar notícias não tem lógica e, por isso, é uma verdadeira roleta-russa.

Abaixo podemos ver um exemplo não tão antigo, da venda do Bic Banco (BICB4) para o segundo maior banco da China. O negócio foi anunciado em 01/11/2013, sendo que podemos ver uma forte alta antes do anúncio e uma estagnação e queda após o anúncio.

Impacto Notícias Bolsa de Valores
Nenhum comentário:
Postar um comentário