Tipos de Ações e suas características

ações bolsa de valores
O tipo de ação revela algumas características sobre a empresa e pode inclusive ajudar o investidor a posicionar-se nelas no momento correto. Confira:

Ações Cíclicas

Ações de empresas com números de demanda e oferta que variam muito conforme ciclo econômico. Ciclos econômicos positivos geram pressão sobre a demanda e, se a oferta não atende esse aumento, o preço do produto ofertado sobe e gera valorização das ações. Operar esse tipo de ação é fácil na teoria: o investidor a compra no período de alta e a vende no período de baixa do preço do produto da empresa. Porém, o que vemos na prática é uma grande dificuldade em antecipar-se a estes ciclos (a valorização das ações começa antes mesmo de iniciar o ciclo econômico positivo). Podemos destacar as ações do setor de commodities e imobiliário.

Ações de Consumo

Basicamente essas ações são de empresas de setores beneficiados diretamente pelo aumento da renda da população (a renda da população está ligada aos empregos e salários). Por isso, costumam se valorizar ou desvalorizar forte conforme situação da economia (aquecida / estagnada / em declínio). Podemos citar os seguintes setores: varejo, alimentos, vestuário, bens de consumo, etc

Ações Exportadoras

Ações de empresas recomendadas em períodos de desvalorização cambial ou de recessão no mercado interno, por possuírem boa parte da receita em moeda estrangeira. Ações desse tipo podem ser usadas até como Hedge. Mas, atenção: o impacto nas receitas dessas empresas não vem somente da cotação da moeda estrangeira, mas também dos preços de seus produtos no mercado externo.

Ações de Crescimento

Ações de empresas, geralmente* na fase inicial dos negócios, que precisam de investimentos grandes e constantes para expandir-se. Como quase todo lucro é reinvestido na própria empresa, há um baixo pagamento de dividendos aos acionistas.

* Há setores que necessitam de muitos investimentos mesmo após a fase inicial dos negócios. 

Ações de Valor

São ações de empresas com bom valor de mercado, que já estão consolidadas em seus setores e, por isso, não necessitam mais de grandes investimentos para expansão. São uma boa opção para quem procura ações com uma maior distribuição do lucro aos acionistas sob a forma de dividendos ou juros sobre capital próprio.
Nenhum comentário:
Postar um comentário