Investidor Fundamentalista: valorização da cotação e dividendos

De onde vem o ganho na bolsa de valores?
Na bolsa de valores, a valorização da cotação da ação é o principal parâmetro de avaliação do desempenho da carteira dos investidores fundamentalistas. Em seguida vem o recebimento de dividendos (proventos), que na verdade é apenas um atrativo adicional ao acionista.

Independente de como vem o rendimento, o investidor deve estar comprado em ações de boas empresas, que tenham lucros crescentes (resultados consistentes). Isso por si só já fará com que a cotação cresça e também que haja pagamento de dividendos. A questão é que, como falamos no artigo “Entenda como funcionam os dividendos”, os dividendos são descontados da cotação da ação na “data ex”, portanto é trocar seis por meia dúzia. Se a empresa tem resultados “questionados pelo mercado” a ação tende a cair, logo de nada adianta ao acionista receber bons dividendos.

A ideia que quero deixar no post é que os dividendos devem ser observados em segundo plano. O mais importante é procurar empresas com um histórico consistente de lucros. Depois dessa etapa, aí sim o investidor pode olhar com mais atenção aos dividendos. E ainda terá a vantagem de ser muito mais fácil projetar as demonstrações financeiras, e o recebimento de dividendos futuramente, de empresas que possuem lucros consistentes.

Dicas: 

- Reinvestir os dividendos pode ser uma ótima opção para aumentar o rendimento no longo prazo, desde que a empresa continue com bons resultados. SAIBA MAIS

- A cotação da ação tem forte correlação com os lucros da empresa no longo prazo. SAIBA MAIS
Nenhum comentário:
Postar um comentário