O dilema causado pelo desconhecimento do investidor

Volatilidade Bolsa de Valores
Quando se olha para o gráfico do Ibovespa, por exemplo, um novato mais atento pode achar que não deve ser tão difícil operar na bolsa. Afinal, o preço apresenta um sobe e desce sem fim, e para ganhar teoricamente é só escolher papeis bem recomendados e comprar na baixa e vender na alta.

Porém, “na hora do vamos ver” ele percebe que há um grande dilema que o persegue, pois não sabe o que realmente interessa: o futuro. Assim surgem as dúvidas: Comprar ou vender? Se o investidor está no lucro deve vender ou segurar para não perder uma continuação do movimento? Mas e se segurar e ver o papel cair? E se já tiver amargando prejuízo será que a ação já está perto de reverter ou o fundo é mais embaixo?

Enfim, são várias dúvidas que vão convencer esse novato de que é necessário se embasar em algo para conseguir tomar uma decisão na bolsa. Se buscar embasamento em dicas de fóruns, ou na leitura de notícias, que todos os dias mexem com os mercados, estará escolhendo o “caminho dos problemas”. O caminho correto, a única solução para esse dilema, é definir como deseja operar, se baseado na análise fundamentalista ou análise técnica, e estudar muito sobre a “escola de análise” escolhida para obter bons resultados.
Nenhum comentário:
Postar um comentário