Análise gráfica: “conflitos” nos indicadores

Indicadores análise técnica
Os indicadores da análise técnica ajudam a identificar tendências ou viradas de forma mais objetiva que os padrões gráficos. Porém, esses sinais dependem da finalidade de cada indicador e da configuração (parâmetros) aplicada a ele.

Entre alguns indicadores mais conhecidos da análise técnica podemos citar: médias móveis, MACD, ADX, índice de força relativa, estocástico. Acontece que nem sempre eles possuem a mesma finalidade. Alguns servem para identificar a tendência do ativo em determinado período. Outros captam os momentos que o ativo se torna sobrecomprado ou sobrevendido demais, ou seja, os pontos de possível correção ou reversão do movimento. Portanto, ao analisar vários indicadores de uma vez, o investidor pode achar vários sinais diferentes (opostos).

Aí que mora o perigo. O investidor deve ter muito cuidado para não acabar seguindo apenas os indicadores que o sinal lhe favorece e, também, para não ficar configurando os parâmetros do indicador até achar o sinal que lhe convém. A solução é tentar combinar os indicadores, de modo que as características negativas de cada um sejam anuladas, e as características positivas preservadas. E por fim, nunca esquecer que não se deve mudar de estratégia (ou melhor, os parâmetros do indicador...) no meio de uma operação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Planilha de Cálculo de I.R Ações e Opções

Ordens START, STOP, STOP Móvel e STOP Simultâneo

O que é a Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC)?