Não deixe o lado emocional atrapalhar seus negócios

O lado emocional na bolsa de valores
Se a volatilidade do mercado é a felicidade de investidores experientes que fazem day trades, investidores novatos e os mais conservadores na bolsa costumam sofrer nesses momentos. Controlar o lado emocional na bolsa de valores pode ser a chave para o sucesso.

Se você é um investidor conservador, que visa o longo prazo, deve se basear apenas nos resultados da empresa para incluir ou retirar uma ação de sua carteira. Inclusive, para evitar decisões precipitadas o ideal é que não olhe as oscilações de preços todos os dias, encare-as apenas como fluxo de investidores (afinal, fundamentos não mudam de um dia para o outro). Sempre lembre que você comprou uma fatia de uma empresa e independente do que ocorre com a cotação, ela continua com suas atividades e, por ser bem administrada, buscando alternativas para se sair o melhor possível. Uma maneira de se tranquilizar nesses momentos de queda é visitando a empresa: algumas até possuem programas de portas abertas e palestras com diretores para investidores.

Há aqueles que gostam de operar em momentos de volatilidade, possuem uma estratégia, mas não conseguem coloca-la 100% em prática quando há necessidade de assumir algum prejuízo. O "conselho" é que encarem os stops como uma forma de preservação de capital, e não esqueçam que o importante é a estratégia utilizada produzir mais acertos do que erros para, no final, gerar lucro.

Enfim, a forma mais fácil de conter esse lado emocional, que prejudica vários investidores na bolsa de valores, é sabendo o motivo que está iniciando a operação e determinar antecipadamente em qual situação deve encerrá-la. Esqueça qualquer coisa que não faça parte da estratégia. Se o investidor não conseguir "dominar seus pensamentos" de forma alguma é porque a bolsa realmente não é o investimento ideal para seu perfil.
Nenhum comentário:
Postar um comentário