Estratégias no mercado de opções: Seagull

Seagull é uma estratégia utilizada por muitos traders no mercado de opções, que pode ser montada quando se acredita que uma ação irá subir. É indicada principalmente para aqueles que não querem comprar a ação no mercado à vista para não ter que utilizar uma parte tão grande do capital na operação. Essa estratégia também permite ao investidor correr menos riscos do que teria se comprasse a ação no mercado à vista. Verifique abaixo um exemplo fictício da estratégia.

Imagine que a ação-objeto está cotada a R$ 10,00...

- Vende 1000 opções Put com preço de exercício R$ 9,00 a R$ 0,50;

- Compra 1000 opções Call com preço de exercício igual a R$ 10,00 (valor atual da ação) a R$ 1,00;

- Vende 1000 opções Call com preço de exercício R$ 11,00 a R$ 0,50.

* O custo de montagem dessa estratégia precisa ficar próximo de zero. Portanto o valor recebido pelo prêmio das opções lançadas é o valor que deve ser gasto para a compra da opção de preço de exercício igual à cotação atual.

Os resultados possíveis para essa operação serão:

Ação abaixo de R$ 9,00: O trader é exercido na opção de venda e precisa comprar a ação a R$ 9,00. Após, venderá a ação ao preço de mercado, portanto abaixo de R$ 9,00. O prejuízo dele virá da diferença da venda no mercado à vista e a compra relativa ao exercício da opção. Perceba que quanto mais distanciada de R$ 9,00 tiver, maior será o prejuízo (não há limite de prejuízo abaixo disso).

Ação entre R$ 9,00 e R$ 10,00: O trader não terá prejuízo algum, pois nenhuma opção será exercida.

Ação entre R$ 10,00 e R$ 11,00: Esta é a faixa de lucro do investidor. Pois o investidor irá exercer o seu direito de compra a R$ 10,00 e venderá o ativo no mercado à vista. Quanto mais próximo de R$ 11,00 a ação objeto estiver, maior será o lucro do trader.

Ação acima de R$ 11,00: O investidor já não participa mais da alta, pois irá exercer a opção de compra a R$ 9,00 e irá ser exercido, portanto terá que vender o ativo, ao preço de R$ 11,00.

mercado de opções Seagull

Comentários