O que são as Ofertas Públicas de ações?

Ofertas Públicas - Mercado de Capitais
É através das Ofertas Públicas que uma companhia ou titulares de valores mobiliários de sua emissão colocam e retiram títulos (ex: ações) no mercado de capitais. Abaixo um resumo sobre as formas de Oferta Pública.

⟹ de Abertura de Capital...

✔ Initial Public Offer (IPO) ou Oferta Pública Inicial

Referente à oferta de abertura de capital da empresa, isto é, a primeira distribuição pública de valores mobiliários de sua emissão para enfim virar uma empresa de capital aberto. O preço das ações ofertadas é obtido através do processo de “Bookbuilding”.

⟹ Subsequentes à abertura de capital (Follow On)...

São as que ocorrem quando as ações da empresa já estão listadas na Bolsa.

✔ Oferta Pública de Ações Primária

As ações da empresa já são negociadas na bolsa e a própria empresa lança (oferta) mais papéis para compor seu capital. Ocorre, por exemplo, quando a empresa faz Aumento de Capital (subscrição).

✔ Oferta Pública de Ações Secundária (Block Trade)

Negociação dos papeis adquiridos no mercado primário, ou seja, não há emissão de novas ações e consequentemente não gera novos recursos às companhias emitentes. Isso ocorre, por exemplo, quando um sócio decide encerrar sua participação na empresa e para isso necessita vender suas ações. Perceba que o dinheiro não vai para a empresa e sim para o sócio que está vendendo e o número de ações não muda, pois apenas venderá suas ações para outro(s).

⟹ de Aquisição de Ações / Fechamento de Capital...

✔ Oferta Pública de Aquisição de Ações (OPA)

Ocorre quando um acionista ou uma sociedade quer comprar uma participação ou a totalidade das ações, que estão nas mãos de acionistas minoritários, de uma empresa cotada em Bolsa. A empresa é obrigada a fazer uma OPA quando, por exemplo, ocorre uma mudança no controle acionário ou quando pretende fechar o capital e sair da Bolsa de Valores, sendo esse último muito comum quando as empresas percebem que o preço das ações está muito baixo.

⟹ Bookbuilding – Precificando Novas Ofertas

Bookbuilding é um processo que visa encontrar um preço justo para uma oferta pública de valores mobiliários, através da análise da demanda pelos papeis feita por um coordenador junto com investidores institucionais. É um processo que ocorre tanto em renda fixa como em renda variável e passa por algumas fases como:

✔ Apresentação da oferta e consulta se há interesse dos potenciais investidores;

✔ Determinação de um intervalo de preços (piso e teto da oferta) que as ofertas serão feitas, através de uma análise da empresa e do momento do mercado;

✔ Contato com os investidores institucionais, de modo que eles indiquem suas intenções de compra (quantidade e valor);

✔ Montagem de um livro de ofertas e definição do preço justo, feita pelo coordenador da oferta juntamente com o ofertante (ex: uma empresa);

Ainda sobre o processo de Bookbuilding, vale lembrar sobre os dois pontos abaixo.

✔ Quanto maior a demanda, mais próxima a precificação tende a ficar do “teto da oferta”, e quanto menor a demanda, mais próxima tende a ficar do “piso da oferta”.

✔ Há rateio em caso de a demanda superar a oferta: nesse caso os investidores levam menos papeis que os desejados.

Comentários