Como utilizar o indicador Curva de Coppock

Criado pelo economista Edwin Coppock, o indicador de Coppock, também chamado de Curva de Coppock, foi divulgado pela primeira vez em 1962 na revista Barron’s Magazine. Esse indicador pode ser utilizado em qualquer mercado e qualquer tempo gráfico, embora originalmente tenha sido criado para uso em gráficos mensais, de modo a detectar mudanças de direção dos principais índices de ações (mais especificamente, S&P 500 e DJI) no longo prazo.

O indicador Curva de Coppock é constituído por uma linha que fica oscilando acima e abaixo de um eixo 0. Essa linha representa a média ponderada de 10 períodos do Rate of Change de 14 meses (RoC Período Longo) mais o Rate of Change de 11 meses (RoC Período Curto).

Como utilizar Curva de Coppock

A maneira tradicional de utilizar o indicador é buscando os cruzamentos no eixo zero. Ou seja, um sinal de compra é dado quando o indicador cruza de baixo para cima o eixo zero e um sinal de venda quando o indicador cruza de cima para baixo o eixo zero. No gráfico abaixo, as áreas em verde indicam os períodos em que o indicador estava acima do eixo 0, e as áreas em vermelho indicam os períodos em que o indicador estava abaixo do eixo 0.

Curva de Coppock

Vale destacar que originalmente o indicador era utilizado apenas para encontrar sinais de compra. Porém muitos traders consideram que o cruzamento da linha para baixo de zero indica um sinal de venda.

A configuração do indicador

Para utilizar o indicador em um período gráfico diferente do mensal, é importante fazer ajustes nas configurações do indicador. A configuração original é completamente voltada para a utilização em gráfico mensal, e se utilizada em um gráfico de menor periodicidade, muitos sinais falsos podem ser gerados. Para uso em gráfico diário, alguns traders recomendam utilizar os seguintes parâmetros: RoC Período Longo 20, RoC Período Curto 10 e Média Ponderada de 10.

Curva de Coppock

Ao configurar o indicador, leve em conta que:

- Aumentar os valores do Rate of Change, diminui a sensibilidade do indicador às mudanças de preço do ativo e gera menos sinais de compra e venda. Por outro lado, diminuir os valores do Rate of Change, aumenta a sensibilidade do indicador e ele trará mais sinais de compra e venda.

- Quanto menor o período da média ponderada, maior será a antecedência dos sinais dados pelo indicador. Quanto maior o período da média, maior será o atraso dos sinais dados pelo indicador.

É necessário fazer uma calibragem para que o indicador produza um bom número de sinais, e ao mesmo tempo não crie vários sinais falsos. Esse ajuste será essencial para que se alcance uma boa rentabilidade com o uso do indicador, por isso é recomendável que se faça um backtest para “validar” a configuração.

Por último, vale salientar que é importante que o trader utilize outras ferramentas combinadas com a Curva de Coppock para confirmação dos sinais. Afinal, nenhum indicador da análise técnica é infalível, e com a Curva de Coppock isso não é diferente.

Comentários