O que é trava de alta e trava de baixa de opções?

Você sabe o que é trava de alta e trava de baixa com opções? É uma estratégia que consiste na compra de uma opção e ao mesmo tempo a venda (lançamento) da mesma quantidade de outra opção que tenha o mesmo vencimento. Esta estratégia limita os ganhos do investidor, mas ao mesmo tempo limita as perdas; com a utilização de travas, o investidor saberá antes mesmo de começar a operação qual poderá ser seu ganho ou perda máxima na operação.

Para melhor compreensão sugerimos a leitura do artigo "Como funciona o mercado de opções"

Trava de Alta

Na trava de alta o investidor acredita na alta do ativo-objeto. A combinação da compra de uma opção e venda de outra, permitirá a ele ganhar com a alta da ação sem compra-la efetivamente. A montagem da trava pode ser feita com opções Call ou opções Put.

Trava de alta com Opções Call:

- Compra uma opção call com strike (preço de exercício) de valor “x”
- Vende (lança) uma opção Call, com data de vencimento igual e strike de valor “y”.
- Sendo que x deve ser menor que y.

Exemplo: O preço da ação está R$ 10,00 e você acredita em alta. Então compra 1000 opções Call por R$ 1,00 com valor de exercício R$ 9,50. E vende a mesma quantidade de outra opção Call, com mesmo vencimento, pelo valor de R$ 0,50 e preço de exercício R$ 11,00.

Nesta operação, você desembolsou R$ 1 mil na compra e recebeu R$ 500 pela venda. Ou seja, iniciou a trava com um prejuízo de R$ 500,00. Este será o prejuízo máximo da operação, caso a ação esteja abaixo de R$ 9,50 na data de vencimento.

Caso a ação esteja acima de R$ 11,00 na data de vencimento, você será exercido nas duas opções. Terá que comprar 1000 ações a R$ 9,50 e vender 1000 ações a R$ 11,00. Seu lucro será de R$ 1.500,00 menos os R$ 500,00 pagos pelo prêmio. Ou seja, R$ 1.000,00.

Se na data de vencimento o preço da ação objeto tiver entre R$ 9,50 e R$ 11,00, o resultado da operação dependerá da diferença entre o preço da ação no mercado à vista (venda) e o preço de exercício da opção de strike R$ 9,50 (compra) menos o valor pago para montagem da trava (prêmio).

Trava de alta com Opções Puts:

- Vende uma opção put com strike (preço de exercício) de valor “x”
- Compra uma opção put, com data de vencimento igual e strike de valor “y”.
- Sendo que x deve ser maior que y.

Exemplo: O preço da ação está R$ 10,00 e você acredita em alta. Então vende 1000 opções Put por R$ 1,00 com valor de exercício R$ 11,00. E compra a mesma quantidade de outra opção Put, com mesmo vencimento, pelo valor de R$ 0,50 e preço de exercício R$ 9,50.

Nesta operação, você recebeu R$ 1 mil na venda e pagou R$ 500 pela compra. Ou seja, iniciou a trava com um lucro de R$ 500,00. Este será o lucro máximo da operação, caso a ação-objeto esteja acima de R$ 11,00 na data de vencimento.

Caso a ação esteja abaixo de R$ 9,50 na data de vencimento. Terá que comprar 1000 ações a R$ 11,00 e vender 1000 ações a R$ 9,50. Gerando um prejuízo de R$ 1.500,00. Mas lembre-se, no começo da operação você recebeu R$ 500,00 na negociação do prêmio das opções. Portanto o prejuízo máximo fica em R$ 1 mil.

Se na data de vencimento o preço da ação objeto tiver entre R$ 9,50 e R$ 11,00, o resultado da operação dependerá da diferença entre o preço da ação no mercado à vista (venda) e o preço de exercício da opção de strike R$ 11,00 (compra), mais o valor recebido na montagem da trava (prêmio).

Trava de Baixa

Na trava de baixa o investidor acredita na baixa do ativo-objeto. A combinação da compra de uma opção e venda de outra, permitirá a ele ganhar com a alta da ação sem compra-la efetivamente. Assim como na trava de alta, a montagem da trava pode ser feita com opções Call ou opções Put.

Trava de baixa com Opções Call:

- Vende uma opção call com strike (preço de exercício) de valor “x”
- Compra uma opção call, com data de vencimento igual e strike de valor “y”
- Sendo que y deve ser maior que x.

Exemplo: O preço da ação está R$ 10,00 e você acredita em baixa. Então vende (lança) uma opção Call a R$ 1,00, com valor de exercício R$ 9,50. E compra a mesma quantidade de outra opção Call, com mesmo vencimento, pelo valor de R$ 0,50 e preço de exercício R$ 11,00.

Nesta operação, você recebeu R$ 1 mil na venda e desembolsou R$ 500,00 pela compra. Ou seja, iniciou a trava com um lucro de R$ 500,00. Este será o lucro máximo da operação, caso a ação esteja abaixo de R$ 9,50 na data de vencimento.

Caso a ação esteja acima de R$ 11,00 na data de vencimento, haverá exercício nas duas opções. Portanto, terá que vender 1000 ações a R$ 9,50 e comprar 1000 ações a R$ 11,00. Seu prejuízo será de R$ 1.500,00. Mas inicialmente você recebeu R$ 500,00 na negociação dos prêmios das opções. Ou seja, terá um prejuízo máximo de R$ 1 mil.

Se na data de vencimento o preço da ação objeto tiver entre R$ 9,50 e R$ 11,00, o resultado da operação virá do cálculo: R$ 9,50 x 1000 (opção exercida) - (preço do ativo no mercado à vista x 1000) + valor do prêmio recebido na montagem da trava.

Trava de baixa com Opções Puts:


- Compra uma opção put com strike (preço de exercício) de valor “x”
- Vende uma opção put, com data de vencimento igual e strike de valor “y”
- Sendo que y deve ser menor que x.

Exemplo: O preço da ação está R$ 10,00 e você acredita em baixa. Então compra 1000 opções Put por R$ 1,00 com valor de exercício R$ 11,00. E vende a mesma quantidade de outra opção Put, com mesmo vencimento, pelo valor de R$ 0,50 e preço de exercício R$ 9,50.

Nesta operação, você desembolsou R$ 1 mil na compra e recebeu R$ 500,00 pelo lançamento (venda). Ou seja, iniciou a trava com um prejuízo de R$ 500,00. Caso a ação esteja acima de R$ 11,00 na data de vencimento, este será o prejuízo máximo da operação.

Caso a ação esteja abaixo de R$ 9,50 na data de vencimento: você será exercido nas duas opções. Terá que vender 1000 ações a R$ 11,00 e comprará 1000 ações a R$ 9,50. Seu lucro será de R$ 1.500,00. Mas como desembolsou R$ 500,00 na negociação dos prêmios, o lucro será de R$ 1.000,00.

Se na data de vencimento o preço da ação objeto tiver entre R$ 9,50 e R$ 11,00, o resultado da operação dependerá da diferença entre o exercício da opção de strike 11,00 (venda) e a compra da ação no mercado à vista, menos os R$ 500,00 pagos para montagem da trava (prêmio).

Desfazer a trava antes do vencimento


Como a precificação das opções depende de vários fatores, caso o trader queira fazer o encerramento antecipado da trava, pode ter um resultado completamente diferente daquele que teria no vencimento das opções.

Comentários

  1. Ótima explicação, muito esclarecedora.

    ResponderExcluir
  2. Gostei. Fiquei tentada a por em pratica para testar o entendimento que tive. Valeu

    ResponderExcluir
  3. Nas travas, vc deixa elas serem exercidas no vencimento, ou tem que reverter em algum momento antes do vencimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Na verdade você tem a liberdade para escolher o que fica mais vantajoso pra você, se é deixar ocorrer o exercício ou desmontar a trava antes do vencimento (a desmontagem pode ser feita qualquer dia, basta realizar a operação contrária a aquela feita inicialmente). Abs

      Excluir

Postar um comentário