O que é Bull Trap e Bear Trap no mercado financeiro?

Bull Trap e Bear Trap
No mercado financeiro, a expressão “Bull Trap” significa armadilha de touro. Este termo foi criado para referir-se a quando vários especuladores do mercado passam a acreditar que está ocorrendo uma mudança de tendência de baixa para alta. Porém, é necessário prestar atenção, pois muitas vezes essa "virada" se trata apenas de um repique, e posteriormente a ação volta a cair forte. O problema maior fica por conta dos iniciantes que costumam segurar o papel acreditando que ele irá voltar a subir, o que não ocorre mais. Distinguir se é um "Bull Trap" ou a ocorrência de uma verdadeira mudança de tendência, possui um grau de dificuldade gigantesco. E o motivo é simples: uma ação só costuma virar uma tendência de longo prazo quando os fundamentos da empresa conduzem para isso. Ou seja, analisar apenas pelo gráfico pode fazer o investidor acreditar que um mero repique em um forte suporte seja o sinal da virada.

No lado contrário, existe também a expressão "Bear Trap" que significa armadilha de urso. Este termo foi criado para referir-se a quando vários especuladores do mercado passam a acreditar que está ocorrendo uma mudança de tendência de alta para baixa. Porém as recomendações são exatamente as mesmas do "Bull Trap": preste atenção, pois muitas vezes essa “virada” se trata apenas de uma correção, e posteriormente a ação volta para sua trajetória de alta. Aqui ainda existe o problema de iniciantes se aventurando na venda a descoberto para apostar na queda do ativo. Lembre-se que um ativo não possui limite de alta, e o prejuízo pode ser superior inclusive ao capital inteiro que você possui. A ocorrência de uma verdadeira virada de tendência de longo prazo de alta para baixa, só ocorre de fato quando os fundamentos da empresa se deteriorarem. Analisar apenas pelo gráfico pode fazer o investidor acreditar que uma mera correção em uma forte resistência seja esse sinal de virada.

Para concluir, perceba o quão importante é aprender também a análise fundamentalista para operar na bolsa de valores. Se basear somente na análise técnica aumenta e muito as chances de cair nessas armadilhas. Grande maioria das variações da bolsa ocorrem apenas pelo simples fluxo dos investidores comprando e vendendo diariamente, e por rápidas especulações de curto prazo. Mudanças de precificação de ativos precisam estar baseadas em eventos que modifiquem verdadeiramente os fundamentos de uma empresa.

Comentários