O que é custo de oportunidade?

custo de oportunidade
Ao escolher qualquer investimento, ou simplesmente deixar o dinheiro parado, é preciso pensar no que você estará deixando de ganhar com outras alternativas de investimentos existentes. Abaixo você vai entender o conceito de custo de oportunidade, que é frequentemente comentado na economia e em quase todas as decisões da sua vida.

Custo de oportunidade, de forma bem simplificada, significa o que você poderá estar deixando de ganhar ao escolher um investimento e não outro. Significa que você irá medir as consequências de suas possíveis escolhas. Aprender esse conceito irá ajudá-lo a atingir mais facilmente os objetivos desejados.

Seja qual for o investimento, sempre existirão pontos positivos e pontos negativos a serem observados. Por isso, antes de escolher, coloque na balança todas as alternativas.

Não existe fórmula para calcular o custo de oportunidade. Isso, nada mais é, que uma análise que envolve questões subjetivas, como a tolerância ao risco e os objetivos de retorno. Há três aspectos essenciais que devem ser levados em consideração: rentabilidade, segurança e liquidez.

Imagine que você possui um dinheiro guardado e deseja investir em renda fixa ou em renda variável. A renda variável é mais arriscada, sem garantia de retorno e prazo, porém se tudo der certo pode gerar ganhos inimagináveis. Já a renda fixa é menos arriscada, possui um prazo e rentabilidade definida. Então comece se perguntando se possui tolerância a risco e se irá necessitar do dinheiro a curto prazo.

Não tem medo de assumir riscos e não precisa do dinheiro para curto prazo? Invista em renda variável. O custo de oportunidade de investir em renda fixa nesse caso seria muito maior. Pois, você abriria mão de talvez conseguir uma maior rentabilidade em renda variável, em troca de uma segurança no investimento de renda fixa.

Mas nem tudo são flores. Tenha bastante atenção ao comparar renda fixa e renda variável. Renda variável não possui nenhuma garantia de retorno. Uma escolha errada pode te levar a prejuízo, e a depender da empresa escolhida, nem aguardando por um longo prazo é capaz de revertê-lo. Monte uma carteira diversificada e adequada para as suas características. Com essas informações, fica claro que o custo de oportunidade é um conceito importante em suas decisões no mercado financeiro. A partir dele, é possível analisar o que você deixa de ganhar nos investimentos deixados de lado, e ao mesmo tempo, permite que você faça aportes mais conscientes. É claro, se o cenário de rendimentos projetado para o investimento escolhido não se confirmar, você terá um custo de oportunidade. Mas entenda, você tentou seu melhor dentro das suas possibilidades e características. Se deu errado, saiba que até grandes investidores muito conhecidos também erram com frequência.

Cada indivíduo sabe o que é melhor para si mesmo, então ao tentar aconselhar alguém, evite qualquer crítica. Veja só esses casos corriqueiros que envolvem custo de oportunidade: comprar um imóvel à vista ou financiado? Na primeira opção você fica descapitalizado após a aquisição. Já na segunda, ao financiar o imóvel com boas taxas, você pode investir o dinheiro e tentar pagar as parcelas com os rendimentos. Ao final ficaria com o capital intacto e mais o imóvel. É possível? Daria mesmo certo? Talvez, mas precisariam de muitas simulações para chegar a um consenso. Além disso, cada um sabe como uma decisão pode beneficiar a sua vida, e precisamos respeitar isso.

Veja também: você decide comprar um carro, e todo custo que ele gera poderia ser destinado a uma aplicação financeira, o valor proporcionará um rendimento mais interessante do que possuir um carro? Ou o conforto de ter um carro próprio vale mais a pena? Cada um sabe o que terá mais utilidade para sua vida.

Seja qual for o caso, você precisa considerar os riscos envolvidos, o potencial de valorização e o que significaria deixar o dinheiro parado ou aplicado em um título mais líquido, mais seguro e menos rentável. Mas nunca esqueça, não existe investimento perfeito. E é por isso que a diversificação é uma forma de não perder tantas oportunidades e restringir ao máximo suas perdas, em qualquer cenário. Ou seja, ela é importante para maximizar seus retornos e limitar seus prejuízos, além de te preparar para enfrentar qualquer cenário adverso.

Comentários