Cotações Índices Mundiais em Tempo Real


Desenvolvido por Investing.com

Mais Cotações dos Principais Índices Mundiais (Clique Aqui)

Dow Jones

Criado em 1896 por Charles Dow, o Dow Jones Industrial Average (Dow Jones, Dow 30, DJIA ou INDU) é junto com o Standard & Poor’s 500 e do Nasdaq Composite um dos principais e mais comentados indicadores de desempenho do mercado de ações americano e consequentemente da economia americana.

A variação deste índice depende da cotação das ações de 30 das mais importantes empresas dos Estados Unidos, as que são líderes em seus mercados de atuação.

Como o cálculo da pontuação do DJIA é feito em cima de uma média da soma das cotações das 30 empresas, alguns analistas criticam que as ações mais caras são as que possuem maior peso, o que não reflete a realidade (eles acreditam que o peso deveria ser calculado conforme o Valor de Mercado da empresa). Além disso, alguns analistas dizem que por ter apenas 30 empresas, o índice não representa tão bem o comportamento geral do mercado.

Standard & Poor’s 500

Criado em 1957, o Standard & Poor’s 500 é um índice que serve como parâmetro de desempenho para diversos investimentos. Ele mede o desempenho de 500 companhias, listadas na NYSE e NASDAQ, que são líderes nos setores mais importantes da economia norte-americana. O peso de cada ativo no índice é proporcional ao seu valor de mercado.

Líder global no fornecimento de índices de referência para investimento e aos mercados financeiros, a “Standard & Poor´s Dow Jones Indices” é a responsável pela elaboração do S&P500 que, ao longo dos últimos 50 anos, tornou-se um dos principais termômetros da economia americana e mundial.

Entre as principais ações estão Apple, Microsoft, Exxon Mobil, Johnson & Johnson, General Electric, Chevron, JP Morgan Chase & CO, etc.

Nikkei 225

Índice mais conhecido dentre os índices asiáticos, o Nikkei 225 Stock Average começou a ser calculado pela Tokyo Stock Exchange (Bolsa de Valores de Tóquio) em 1949. Ele mede o desempenho das 225 ações mais negociadas e de maior capitalização deste mercado.

O cálculo da pontuação do índice é semelhante ao do Índice Dow Jones, ou seja, reflete a média das cotações das ações que compõem a sua carteira. Como o Nikkei possui muitas ações em sua composição, consegue retratar bem a realidade do mercado de Tokyo.

A composição do índice é analisada todos os anos no mês de Setembro, sendo que as alterações são aplicadas em Outubro. Atualmente fazem parte ações de empresas muito conhecidas aqui no Brasil, como: Mitsubish Motors, Nissan Motor, Suzuki Motor, Toyota Motor, Nikon, Panasonic, Sharp, Sony, Pioneer, Toshiba, Bridgestone, Yokohama.

Nasdaq Composite

O Nasdaq Composite, também conhecido como índice das ações das companhias do setor eletrônico, é a principal referência da bolsa de valores que concentra o maior volume de negociação de ações dos Estados Unidos: a NASDAQ (National Association of Securities Dealers Automated Quotations).

Esse índice mede o desempenho de todos os ativos de empresas listadas na NASDAQ. Todos esses ativos são de empresas que desenvolvem e fabricam produtos de alta tecnologia, produzem aparelhos e componentes eletrônicos, trabalham com tecnologia de telecomunicação, desenvolvimento de software, além de atuarem no ramo da química e biotecnologia. Algumas empresas são bem conhecidas por todo mundo: Apple, Adobe Systems Incorporated (MM), Amazon, Baidu, Facebook, Google, Intel, Microsoft...

SSE Composite

O SSE Composite é um índice que mede o desempenho de ações negociadas na bolsa de valores de Shangai (Shangai Stock Exchange). Compõem o índice ações "A Shares", e também as "B Shares", que são ações negociadas em moeda estrangeira, criadas pelo governo chinês como forma de incentivar a entrada de investimento estrangeiro no país.

A data base do cálculo do SSE Composite é 19 de dezembro de 1990, quando foi estabelecida uma cotação de 100 pontos para o índice para representar a capitalização total do mercado de Shangai. Mas, o primeiro cálculo de cotação do índice ocorreu em 15 de julho de 1991.

NYSE Composite

O NYSE Composite é um índice composto por todas as ações ordinárias listadas na principal bolsa de valores do mundo: a NYSE de Nova York. Fazem parte do índice mais de 2 mil ações, sendo a grande maioria de empresas dos Estados Unidos e de empresas estrangeiras. Apesar da maioria das empresas ser dos EUA, as empresas estrangeiras possuem grande influência nesse índice, pois em torno da metade das 100 empresas com maior valor de mercado, e que por isso possuem maior influência no índice, são estrangeiras.

Além do NYSE Composite que mede o desempenho mais geral das ações, a NYSE possui outros índices que medem o desempenho específico de setores, como o industrial, transporte, financeiro, saúde, etc.

DAX 30

DAX 30 é um índice que mede o desempenho das 30 empresas com maior valor de mercado e maior liquidez da Frankfurt Stock Exchange (Bolsa de Valores de Frankfurt - Alemanha). Essas empresas juntas representam nada menos que 75% do valor de mercado total dessa que é uma das maiores bolsas de valores do mundo. Vale destacar a presença de empresas bem conhecidas por todo mundo, como Volkswagen, BMW, Adidas, Continental, Thyssenkrupp, Bayer, Siemens, etc.

RTS Index

Calculado desde 1995, o RTS Index (RTSI) é a referência do mercado de capitais da Rússia. Representa o desempenho de ações das 50 companhias com maior valor de mercado e mais líquidas negociadas na Bolsa de Valores RTS (Russian Trading System). Para ter uma ideia, essas 50 ações são responsáveis por 85% do valor de mercado total.

Entre as principais empresas do índice estão a Gazprom que é uma empresa de energia russa, maior exportadora de gás natural do mundo. Vale lembrar que esta é a maior empresa da Rússia e 15º maior do mundo. Outra empresa grande presente na composição é a Rosneft que é uma das maiores petrolíferas do mundo.

FTSE 100

Criado em 1984 pela Financial Times Stock Exchange, o FTSE 100 representa o desempenho das 100 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores de Londres (London Stock Exchange – LSE), ou seja, as com maior capitalização de mercado. Essas companhias juntas correspondem atualmente a 81% do valor total de mercado da Bolsa de Valores de Londres.

Com a seleção de ações do índice feita a cada trimestre, além do item principal que é o valor de mercado, as empresas precisam atender simultaneamente a alguns outros requerimentos estipulados pelo grupo FTSE.

Atualmente a principais empresas que compõem o FTSE 100 são: Barclays, Bhp Billiton, BP, Experian, Glaxosmithkline, HSBC Holdings, Sainsbury, Lloyds, Rio Tinto, RR, Royal Bank Of Scotland, Tesco, Unilever, Vodafone e Xstrata.

CAC40

Criado em 1987, o CAC 40 (Cotation Assistée en Continu 40) é o índice da bolsa de valores de Paris. É constituído pelos quarenta ativos com maior valor de mercado (considerando o Free Float) e maior liquidez negociados no mercado de ações francês.

Do índice fazem parte algumas empresas que têm presença internacional, algumas bem conhecidas aqui no Brasil como: Accor, Renault, Airbus Group, Danone, L'Oréal, Michelin e Saint Gobain.

Comentários